Chanceler chinês explana sobre questões em mandato global, confiança e desenvolvimento

0
108

Para o ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi, existe um défice em três aspetos. A explanação foi feita no dia 4 de junho, ao participar da reunião de chanceleres dos países do BRICS, na África do Sul.
Segundo Wang Yi, em primeiro lugar, é o deficit de mandato. Os desafios globais estão cada vez mais destacados, mas carecem de uma resposta efetiva. O unilateralismo e protecionismo impactam seriamente o mecanismo multilateral e da mandato global.
O aumento do atrito na competição internacional e no jogo geopolítico resultou no ressurgimento do pensamento da Guerra Fria. A base para cooperação da sociedade internacional está sendo ameaçada, o que causou um défice na confiança.
O diplomata explicou que o desequilíbrio do desenvolvimento global, incluindo a desigualdade na distribuição de renda e o espaço de desenvolvimento desigual, causou um défice no desenvolvimento, sendo esta uma causa principal de agitação social em alguns países.
Segundo o chanceler chinês, os países do BRICS assumem responsabilidades importantes em defender a estabilidade mundial e promover o desenvolvimento comum. Acrescentou que é importante insistir nos princípios de justiça, multilateralismo e diálogo para resolver os desafios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here